pessoas fazendo a mudança de casa fácil

Fazer frente a uma mudança de casa fácil, é geralmente, bem estressante seja para a cidade ou campo. Ter de organizar e transportar todos os nossos pertences de uma casa a outra, pode ser um autêntico pesadelo, pois nem sempre sabemos por onde começar.

Respire fundo. Se seguir estes simples passos de organização, será mais fácil entrar nesta aventura, e saberá enfrentar os inevitáveis ​​momentos de crise.

Economize com nosso orçamento. Entre em contato, responderemos o mais breve possível!

seta preta

Antes de deixar a casa antiga veja como fazer uma mudança de casa fácil

1. Antes de embalar, faça a limpeza. Livre-se de tudo que você não gosta mais ou não vai querer. Não adianta levar coisas desnecessárias com você, o espaço que elas ocupam no caminhão é dinheiro!

2. Não esvazie determinadas gavetas. Deixe todas as roupas ou objetos não pesados ​​dentro das gavetas e limite-se a proteger os móveis. Isso as torna mais pesadas, com certeza, mas desde que as gavetas estejam cheias de itens leves (não as encha com livros), não deve haver problema.

De qualquer forma, se pesarem muito, você sempre poderá transportar as gavetas separadamente. O que está claro é que essa decisão tem uma dupla vantagem: você precisará de muito menos caixas e, uma vez na nova casa, tudo dentro será mais fácil de localizar.

3. Armazene itens macios em sacos de lixo. Pouco glamoroso? Sem dúvida. Mas é uma das melhores ideias durante uma mudança. Encha sacos de lixo pesados ​​com itens macios, como edredons, travesseiros, bichos de pelúcia, etc. e use-os para preencher espaços livres no caminhão. Dessa forma, o espaço é economizado e, por sua vez, outros itens e móveis ficam protegidos. Para garantir que o conteúdo dos sacos também esteja protegido, use fita isolante para selá-los. Por fim, registre o conteúdo de cada um com etiquetas adesivas e um marcador permanente.

4. Atenção com os eletrodomésticos

Existem muitos truques interessantes que o ajudarão na hora de transportar seus eletrodomésticos. Não é importante apenas levarmos em conta suas dimensões, mas também como armazená-los e protegê-los durante o transporte. Aqui estão algumas dicas para ter em mente ao embalar seus eletrodomésticos:

  • Pequenos eletrodomésticos

Os eletrodomésticos como liquidificador, torradeira, sanduicheira, etc. Eles são de um tamanho mais manejável. Por esta razão, podemos armazená-los facilmente em qualquer caixa que os proteja de possíveis pancadas junto com o resto dos utensílios de cozinha.

  • Microondas

Primeiro temos que guardar o prato giratório e o suporte em um plástico bolha ou algo que o proteja dos golpes que possa sofrer durante o transporte. Da mesma forma, temos que armazenar o cabo de forma que não fique danificado ou emaranhado com o resto dos objetos e cabos na transferência. Por fim, é recomendável guardar o restante do micro-ondas em uma caixa acolchoada e mantê-lo longe de locais muito úmidos ou de alta temperatura.

  • Geladeira

Devemos primeiro esvaziá-la e limpá-la. No caso de ter um freezer embutido, devemos descongelar tudo alguns dias antes e garantir que seca. É necessário desligar o frigorífico pelo menos 24 horas antes da transferência. Durante o processo de frete ou mudança de casa fácil, recomenda-se que seja coberto com material que evite arranhões ou pancadas, seja cobrindo-o com mantas ou com plástico bolha.

  • Ar acondicionado

O ar condicionado é um tipo de equipamento que pode ser facilmente danificado, por isso seu transporte deve ser realizado com extrema cautela. Você deve procurar uma caixa de papelão de tamanho semelhante ao tipo de ar condicionado que tem. Enrole o em plástico bolha, coloque-o dentro da caixa e preencha as lacunas restantes com isopor. Se tiver a possibilidade, coloque a caixa sobre uma palete, desta forma o transporte será mais fácil e seguro. É imprescindível transportá-lo virado  para cima e colocá-lo sobre uma superfície plana e seca.

  • Máquina de lavar roupa e loiça

Ao transportar eletrodomésticos que utilizam água, devemos nos certificar de que toda a água que possa permanecer no interior tenha saído, para evitar vazamentos durante a mudança. É muito perigoso deixar solto a mangueira de evacuação de água e o cabo de ligação à luz. É aconselhável encaixá-los no lugar e garantir que sejam fixados com fita adesiva. Por fim, para evitar atrito no processo de mudança, é aconselhável cobri-lo com plástico bolha ou algum outro material que o proteja.

Antes de entrar na casa nova

5. Pinte antes da mudança de casa fácil. Se decidiu dar uma demão de tinta ao seu novo espaço, não hesite: faça isso antes de guardar todas as suas coisas. A razão mais óbvia é que é muito mais fácil pintar uma casa vazia do que uma cheia de móveis.

Outro motivo importante para fazê-lo é a satisfação de eliminar essa tarefa o quanto antes da agenda. Além disso, se houver outras tarefas desse tipo em sua lista (mudança de andar, por exemplo), tente realizá-las antes de se mudar. Você economizará tempo, inconveniência e esforço depois da mudança de casa fácil.

mudança de casa fácil

6. Informe-se antes de contratar os serviços para sua nova casa. Certamente vai querer continuar tendo wifi em casa, certo? Dependendo de onde está localizada sua futura casa, haverá mais ou menos opções de provedores de serviços, como linha telefônica ou internet.

Se você tem várias opções, aproveite o tempo necessário para perguntar e se informar bem antes de se comprometer com uma delas, pois é possível que a empresa que lhe ofereceu tão bom serviço em sua antiga residência não tenha a melhor infraestrutura em sua nova área.

Também pode acontecer que a zona em que vai viver tenha uma cobertura pior e se encontre na situação de ter que contratar um outro serviço.

7. Jogue fora mais algumas coisas mesmo depois de se mudar. Não importa quão completa você tenha feito uma limpeza antes de empacotar tudo.

Às vezes, algumas das coisas que você decidiu trazer para a nova casa com a maior convicção acabam não se encaixando no novo espaço como você esperava. Tente não deixar isso te frustrar demais e tome isso como uma lei da vida. Venda-os, dê-os a um amigo ou, se realmente tem um carinho especial por eles, guarde-os. Mas apenas se você tiver espaço para armazená-los.

8. Dê a si mesmo tempo para se acostumar com a nova situação. Liberar um pouco a agenda e dedicar algum tempo a esse período de adaptação pode ser muito necessário, principalmente para famílias com crianças. Dê a si mesmo pelo menos uma semana ou duas para recuperar o fôlego.

mulher bonita pedindo para ligar

Fale conosco pelo WhatsApp ou ligue (31) 3422.7733, será um prazer em lhe atender.